CONHEÇA NOSSO BLOG
31Maio
sintomas da gripe

Sintomas da gripe: tratamento, prevenção e vacina

Compartilhe !

A gripe é uma doença respiratória aguda podendo causar casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, levando o paciente ao óbito. Segundo o Portal G1, o subtipo A H1N1 foi responsável por 66% das mortes por gripes no Brasil em 2018. Enquanto isso, o subtipo A H3N2 e o vírus influenza B também causaram óbitos em proporções menores. Em geral, idosos, crianças, gestantes e portadores de doenças crônicas são os mais afetados pela doença. É importante que a gripe seja diagnosticada e tratada o mais rápido possível. Portanto, é preciso conhecer melhor a doença. Pensando nisso, a Prevcenter elaborou este artigo com todas as informações necessárias sobre os sintomas da gripe, bem como tratamentos, vacinas e prevenção. Confira!

Saiba tudo sobre os sintomas da gripe, tratamento e prevenção

sintomas da gripe e vírus

Surgimento

O vírus A H1N1, originado de uma combinação de vírus humano, aviário e suíno, foi responsável pela pandemia de gripe humana em 2009. Desde então, este vírus tem circulado nos hemisférios norte e sul. Além disso, tem sido importante causa das epidemias sazonais de gripe observadas anualmente nestes países.

Contaminação

A gripe é uma doença contagiosa, sendo transmitida da mesma forma que a gripe comum. A principal forma de contaminação é pelo contato próximo entre uma pessoa e outra por meio de gotículas de saliva, tosses, espirros e mãos. O período de incubação, ou seja, o tempo decorrido após a infecção até o início dos sintomas é de 1 a 4 dias.

A disseminação do vírus nos adultos saudáveis com gripe pode ser detectada 24-48 horas antes do início dos sintomas, persistir em média por 4-5 dias e cessando após o sexto ou sétimo dia. Em alguns estudos, pode persistir por até 10 dias. As crianças, os idosos, os obesos, aqueles com doenças crônicas e com prejuízo da imunidade podem disseminar o vírus por períodos mais prolongados.

Uma recomendação para prevenção da gripe é evitar locais com alta aglomeração de pessoas em momentos de atividade da doença.

Sintomas

Os sintomas da gripe são muito semelhantes com os da gripe comum, porém podem manifestar-se de forma mais intensa e agressiva. Os principais sinais da doença são:

  • febre alta;
  • tosse;
  • dor de cabeça intensa;
  • calafrios;
  • falta de apetite;
  • náuseas e vômitos;
  • dores no músculos, garganta e articulações;
  • espirros;
  • fraqueza;
  • congestão nasal.

O vírus evolui de forma repentina e acelerada, podendo agravar o quadro clínico do paciente. Algumas complicações são a pneumonia e a angústia respiratória, além de morte em casos mais graves.

Tratamento

Caso haja indícios dos sintomas da gripe citados acima, procure imediatamente um médico para fazer o diagnóstico correto. Ao identificar a gripe o profissional de saúde certamente irá avaliar a severidade do quadro clínico, a presença de complicações, a necessidade de internação e do uso de antivirais. Geralmente, nos casos sem complicações os medicamentos mais usados são antitérmicos e analgésicos para controlar os sintomas.

O uso dos antivirais, por exemplo oseltamivir, devem ser reservados para as pessoas que necessitam de hospitalização ou apresentam infecção do trato respiratório inferior (pneumonia). Pacientes que pertencem ao grupo de risco elevado de complicações sérias (crianças abaixo de 5 anos, adultos acima de 65 anos, gestantes, asmáticos e outras doenças pulmonares, cardiopatas, portadores de deficiência da imunidade, entre outras) também devem ser medicados com antivirais.

Além disso, é indicado que o paciente tenha uma rotina tranquila, permanecendo em repouso. O consumo de bastante líquido e uma dieta equilibrada são ótimos aliados na recuperação.

Prevenção

Um dos meios de prevenção contra o vírus da gripe é manter hábitos de higiene constantes, como lavar bem as mãos. Evite o contato com pessoas doentes e não compartilhe utensílios de uso pessoal, como copos, talheres e toalhas. Pratique atividades físicas regularmente, tenha uma boa alimentação e mantenha-se longe de locais fechados com grande número de pessoas.

Vacina

vacina e sintomas da gripe

A melhor forma de prevenção contra a gripe é a vacinação!

A vacina está recomendada para todas as pessoas acima de seis meses. Portanto crianças, adolescentes, adultos e idosos devem se vacinar contra a gripe.

Os idosos, as crianças, as gestantes e os portadores de doenças crônicas apresentam risco elevado de complicações pela gripe. Por conta disso, devem receber prioritariamente a vacina contra a doença. Aqueles que convivem no mesmo domicílio com pessoas que apresentam maior risco de complicações pela gripe também devem se vacinar.

A vacina contra influenza tetravalente é preferível, porque sua composição confere cobertura contra duas cepas do vírus influenza A (H1N1 e H3N2). Além disso, é eficaz contra duas cepas do vírus influenza B, viabilizando uma maior proteção. A vacina é inativada e segura, conferindo proteção a partir de duas semanas após sua administração.

O vírus influenza pode sofrer mutações e se modificar de um ano para o outro. Por esse motivo, a vacina é atualizada todos os anos. A vacina contra a gripe deve ser administrada anualmente antes dos meses de inverno, quando sua incidência é maior.

Vacinação é com a Prevcenter!

A Prevcenter, Clínica de Vacinação no Rio de Janeiro, disponibiliza a vacina tetravalente, que confere proteção contra duas cepas do vírus Influenza A e duas cepas do vírus Influenza B. Vacine-se contra a gripe conosco! Temos unidades em Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca. Para conferir o calendário de vacinação contra a gripe para idosos, gestantes, crianças e adolescentes, acesse os links. Entre em contato conosco para um melhor atendimento. Esperamos por você!

 

 

 

 

Posts RecentesCategoriasTags
© 2019 PREVCENTER Agência Digital no RJ