Papilomavírus (HPV)

O que você precisa saber sobre a vacina

Quem deve ser vacinado?

  • Duas vacinas estão disponíveis no Brasil: HPV4 (quadrivalente), licenciada para meninas e mulheres de 9 a 45 anos de idade e meninos e homens de 9 a 26 anos; e HPV2 (bivalente), licenciada para meninas e mulheres a partir dos 9 anos de idade.

Quem não deve ser vacinado?

  • Gestantes e pessoas que apresentaram anafilaxia após receber uma dose da vacina ou a algum de seus componentes.

Efeitos adversos mais comuns

  • Dor leve no local da aplicação.
  • Vermelhidão.
  • Inchaço.
  • Febre.
  • Cansaço.
  • Dor muscular.

Mais informações

A infecção pelo HPV é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pelo papilomavírus humano. É a única DST que pode ser transmitida mesmo com o uso de preservativos. Pode se instalar em qualquer região do corpo, basta haver uma porta de entrada na pele ou mucosa. Já se detectou o vírus na região genital, boca, faringe, vias respiratórias, ânus, reto e uretra.

Aproximadamente 15 a 20 tipos do HPV estão associados com a ocorrência de casos de câncer do colo do útero. Uma em cada dez pessoas, no mundo, estão infectadas pelo HPV. Até completar os 50 anos de idade, cerca de 80% das mulheres vão adquirir pelo menos uma infecção genital pelo HPV. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o câncer do colo do útero é o segundo tipo mais comum de câncer entre mulheres, atrás apenas do câncer da mama. Até completar os 50 anos de idade, cerca de 80% das mulheres vão adquirir pelo menos uma infecção genital pelo HPV. No mundo, a cada ano, o câncer de colo do útero é responsável por 270.000 óbitos entre as mulheres. O homem é o principal transmissor do vírus.

Existem três vacinas contra o HPV, das quais duas estão licenciadas no Brasil: – a quadrivalente (6, 11, 16, e 18), contra dois tipos do HPV causadores de verrugas e dois tipos que podem causar o câncer, está licenciada para meninas e mulheres de 9 a 45 anos de idade e meninos e homens de 9 a 26 anos; – a bivalente (16 e 18),contra os dois tipos que podem causar o câncer, está indicada somente para o sexo feminino a partir de 9 anos de idade. A vacina HPV 9-valente (6, 11, 16, 18, 31, 33, 45, 52 e 58) já está sendo comercializada em alguns países.

O esquema de vacinação é de duas ou três doses na dependência da idade e da presença de outras morbidades. O esquema de vacinação para meninas e meninos menores de 15 anos é de duas doses com intervalo de seis meses. Para os adolescentes e adultos com idade ≥ 15 anos, não imunizados anteriormente, o esquema é de três doses: na data escolhida, 1 a 2 meses após, e seis meses após a primeira dose (0 – 1 a 2 – 6 meses). Pessoas imunodeprimidas por doença ou tratamento (incluindo portadores do HIV) até os 26 anos de idade de ambos os sexos, devem utilizar o esquema de três doses da vacina quadrivalente. Esta vacina também está indicada para homens que fazem sexo com homens e transgêneros até os 26 anos de idade, em esquema de duas ou três doses na dependência da idade no início da vacinação.

Pontos importantes

  • Segundo a OMS, 290 milhões de mulheres no mundo são portadoras do HPV.
  • A cada 2 minutos, uma mulher morre em virtude do câncer de colo de útero no mundo.
  • Dentre as mulheres com infecção pelo HPV, 32% estão infectadas pelos tipos 16, 18 ou ambos.
  • 70% dos casos do câncer do colo do útero são causados pelos tipos 16 e 18.
  • Estudos clínicos demonstram a eficácia da vacina na prevenção da infecção e complicações pelo HPV.

Entre em contato conosco e tire suas dúvidas

Nome
Telefone
Selecione a unidade
Mensagem
local

Unidade Barra da Tijuca

local

Avenida das Américas, 3255 – Loja 252/253 (Shopping Barra Garden – 2º piso)

local

Unidade Copacabana

local

Rua Siqueira Campos, 93 – Grupo 606 (Ed. Medical Center)

local

Unidade Ipanema

local

Rua Visconde de Pirajá, 260 – Loja E (próximo a Vinicius de Moraes)

© 2019 PREVCENTER Agência Digital no RJ