foto-destaque-vacinas-disponiveis

Vacinas disponíveis

Rotavírus

Esta vacina protege contra a infecção pelo rotavírus, a qual é a principal causa de diarréia grave nas crianças sendo responsável por 600.000 óbitos a cada ano no mundo principalmente nos países em desenvolvimento como o Brasil. A principal forma de transmissão se dá pela via fecal-oral, na maior parte das vezes através da ingestão de água, comidas e contato com superfícies contaminadas.

Esquema: No Brasil são utilizadas duas vacinas contra rotavírus.

A vacina oral pentavalente é administrada no esquema de três doses.

– A 1º dose da vacina deve ser administrada por via oral aos 2 meses de idade podendo variar entre seis e 14 semanas de idade; esta vacina não deve ser iniciada após 15 semanas ou mais de vida.

– A 2ª dose da vacina deve ser aplicada por via oral aos 4 meses.

– A 3ª dose da vacina vírus deve ser aplicada por via oral aos 6 meses. O intervalo mínimo entre as doses deverá ser de 4 semanas. Nenhuma dose deve ser administrada após oito meses e 0 dias de idade*.

A vacina oral monovalente é administrada no esquema de duas doses.  A 1ª dose da vacina contra rotavírus deve ser administrada por via oral aos 2 meses de idade podendo variar entre seis semanas e, no máximo, 14 semanas e seis dias de vida. A 2ª dose da vacina deve ser administrada por via oral aos 4 meses de idade podendo ser administrada até oito meses e 0 dias de idade*, respeitando-se o intervalo mínimo de quatro semanas entre a primeira e a segunda dose.

Indicação: Proteção contra a gastroenterite causada por rotavírus.

*Recomendado pelo Comitê Assessor em Práticas de Imunização do Serviço de Saúde Pública dos EUA desde 2009